01/09/2016

Síndrome de pernas inquietas

Síndrome, você tem suas pernas inquietas?

Síndrome de pernas inquietas, é sobre isso que  vou contar para vocês pessoal quando observei na minha mulher e que a princípio me pareceu engraçado ou que ela estava querendo um algo a mais quando estávamos deitados (se é que me entendem,risos), mas depois ao pesquisar sobre esse fato descobri servir de alerta por se tratar de uma síndrome de nome curioso, síndrome de pernas inquietas.

O que é a síndrome de pernas inquietas?
Síndrome
É quando a pessoa tem uma vontade incontrolável de mexer as pernas movendo involuntariamente, sendo 2 os seus tipos, primária (idiopática) e secundária.
  1. Primária (idiopática) é o tipo mais comum não apresentando até então uma causa, pode ser a princípio genética virando um distúrbio crônico piorando e ocorrendo com mais frequência com o passar do tempo.
  2. Síndrome secundária é causada por uma outra doença ou medicamentos e a pessoa que tem a síndrome das pernas inquietas melhora quando essas doenças abaixo ou na interrupção da medicação que esteja usando.
  • Deficiência de ferro, com ou sem anemia (esta é a causa mais comum)
  • Artrite reumatoide
  • Diabetes
  • Doença de Parkinson
  • Danos nos nervos das mãos ou pés
  • Gravidez
Atenção: Antes de qualquer procedimento procure sempre um médico ou especialista capaz de dizer exatamente o melhor a se fazer sobre essa síndrome de pernas inquietas e que tipo de tratamento deva se fazer.

Ainda bem pessoal que no caso da minha mulher era mais uma brincadeira (das muitas) que ela me prega quando estamos deitados, não tendo ligação nenhuma com a síndrome das pernas inquietas.

Abraços e Beijos.

15 comentários:

  1. Que coisa interessante Rafa, eu não sabia disso, vou começar a observar se tenho isso rrs Quem ia imaginar uma coisa dessas?
    Gostei de saber sobre isso, vou ficar atenta ...

    Bjos
    Minda ❤ 😍

    ResponderExcluir
  2. Rafael eu nunca tinha pensado nisso, eu achava que era normal a pessoa mexer com as pernas, achei bastante interessante as suas informações sobre a síndrome de pernas inquietas, Rafael abraços.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Entendo bem disso mas o meu é recorrente da minha ansiedade, que eu inclusive, trato. :(
    É muito importante que todo mundo observe isso.
    Beijinhox

    ResponderExcluir
  4. Às vezes eu tenho, mas eu não durmo quietinha,há dias que eu rolo toda a cama. Eu agora vou está em alerta, obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Minha sogra tem esse problema e a minha esposa já reclamou de algo parecido. É uma doença bem complicada e que exige atenção, para não descambar para outros problemas maiores. Gostei do post.

    Fábio

    ResponderExcluir
  6. Não sabia dessa sindrome! Realmente o alerta é muito importante! Você disse uma coisa que eu achei bem verdade... as vezes achamos engraçados e não ligamos o radar ne? Muito bom saber!

    ResponderExcluir
  7. Acredita que qdo eu tenho gripe/virose eu tenho isso?
    Nem sabia que tinha nome!
    Dá uma vontade de ficar mexendo as pernas, sem motivo...
    Uó!!!!!

    ResponderExcluir
  8. oi!
    Muito interessante :D
    Não consigo ficar com as pernas quietas e nunca associei isso com a artrite.
    bjo

    ResponderExcluir
  9. Já notei em algumas pessoas, mas achava que era mania.Geralmente eles nem percebem que estão fazendo isso! Olha, que coisa séria né? ótimo post informativo!

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Entendo exatamente seu texto. Minha ansiedade faz com que eu tenha a síndrome. Em alguns momentos é algo que me incomoda muito. Mas tudo pode ser tratado!
    Beijinhox

    ResponderExcluir
  11. OI

    Interessante, porque é muito curioso de saber e entender porque mexemos as pernas.

    grata

    ResponderExcluir
  12. Que interessante o post e por ter servido como um alerta.
    O bom que não foi nada demais.
    sucesso com o blog !!!

    ResponderExcluir
  13. Muito interessante o post altas dicas
    Bjs
    www.guriaantenada.online

    ResponderExcluir
  14. Muito interessante. Confesso que nunca tinha ouvido falar de tal coisa. Vou pesquisar mais sobre o assunto. Achei um tema interessante.

    Beijinho
    Paula Cardoso
    Magia nas Palavras ♥

    ResponderExcluir
  15. Eu tenho essa síndrome, meu pai e meu irmão também. Balançamos as pernas principalmente quando estamos sentados ou de pé mas parados rsrs as vezes é estresse e as vezes simplesmente acontece rsrs

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

NEWS LETTER