25/03/2016

Eu sobrevivi

Sobrevivi em ti mesmo com todas atribulações

As vezes sou assim, escrevendo o que observo, sinto, numa tentativa de falar comigo mesmo e descobrir se as palavras, as frases tem a força necessário para me ver te vendo e sim, eu sobrevivi em ti.
Sobrevivi-em-ti
Hoje acordei para mim, ouvi as músicas que me fizeram sorrir, 
li um bom livro, vi fatos... Eu sobrevivi
O que sentia não sei, talvez se perdeu 
Esqueci alguns dias, relembrei outros que estavam guardados
Percebi que algumas vontades antigas 
vem se aproximando de mansinho e isso é bom, eu acho 
Lembranças antigas, o desejo de caminhar como antes me fez sorrir 
Isso não era como nos meus sonhos, 
do qual eu acordava assustado por não existir mais. 
Tenho certeza de que estou tomando a decisão certa
Por achar que fui precipitado nas atitudes que tomei 
Nunca houve espaço pra minhas vontades, 
era tudo errado, 
estranho, 
diferente. 
Quem perdeu? Não sei, acredito que apenas eu, aprendi
Isso até parece ser uma atitude mesquinha
Não sei se nem deveria ter começado. 
Essas coisas que estou deixando pra traz 
Um dia quem sabe entenderás 
Talvez poderá te consumir do tudo que fui pra ti 
Porém não estarei mais ao teu lado pra ver isso acontecer.
Não me arrependo do que aprendi contigo 
De ter me apresentado um mundo com seus enganos 
Um mundo de dissimulações, de atitudes que não tinhas
Me fez enxergar o que realmente foste
Não me importei em conhecer pessoas
Por amar, por ter saudades, por acreditar...
A minha alma permanece serena
Meu caminho voltou a ser como antes 
O que senti dentro de mim, dentro de ti não fiz parte
Aprendi guardar a minha verdade pra quem provar que mereça
E era assim que deveria ter sido todo esse tempo
Para não ter que enxergar como eu era  
Porque em algum momento deixei isso tudo de lado
E entendi que num mundo que não era meu 
Eu sobrevivi. 
Abraços e Beijos.

14 comentários:

  1. parece um recado endereçado a alguém. o importante mesmo, Raphael, é que voce sobreviveu.

    beijos e feliz Páscoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Páscoa pra você também Céu, nem me fale isso, pois assim da argumento para minha companheira reclamar (risos), mas falando serio agora, não é endereçado a alguém, apenas um jeito meu meio torno de escrever
      Obrigado por sempre estar comentando no meu Blog, volte sempre

      Beijos
      Rafael

      Excluir
  2. Que triste Rafael, concordo com a Céu, o bom de tudo é saber que tu sobreviveu!
    Fico feliz por ti!

    Abraços!
    Minda =D

    ResponderExcluir
  3. Escreves bem Rafael, deverias apostar em tua veia poética.
    Feliz semana, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Adorei a reflexão :) me fez pensar nas minhas lutas e nas vezes que pensei em desistir. Todos nos somos sobreviventes :D
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto, me fez refletir em várias coisas, vários assuntos e me fez enxergar que de certa forma todos somos sobreviventes.

    ResponderExcluir
  6. Refletir é sempre bom.
    As vezes filosofamos nossos sentimentos, e dividir isso é importante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o poema, excelente para refletir sobre muitas coisas da vida abraço

    ResponderExcluir
  8. Texto lindo, precisa escrever assim mais vezes, somos todos sobreviventes da vida diariamente, da tribulações, das desilusões.

    Beijos
    www.mariaulhoa.com

    ResponderExcluir
  9. Gostei rafa me fez refletir aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Nossa, bem tocante ao meu ver!

    Sentimentos assim são dificeis para se expressar!

    Um Grande Beijo

    ResponderExcluir
  11. Uauu parabéns pelo texto adorei beijos

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto!
    Sobrevivemos todos!
    Adorei!
    bj

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

NEWS LETTER