09/12/2015

Ainda ontem

As vezes um ainda ontem nos revela o amanhã que nos faz sonhar todo a vida
Ontem
Ainda ontem sonhei com você
Pela primeira vez pude segurar na sua mão
Nossa! Foi incrível poder saber como você é linda
Não aquela beleza de maquiagens, de roupas, ou de sapatos
Mas a beleza de ser simplesmente você, aqui, do meu lado
Finalmente consegui dizer que você é a minha única mulher
Também você me conheceu, não como quis todo esse tempo, mas como pode 
Pude contar meus segredinhos do quanto gostava de pensar em você
O quanto enxergava você totalmente diferente das outras pessoas desse mundo
Conversamos horas e mais horas sem interrupções, sem ninguém entre nós
Mostrei todas minhas inseguranças de uma só vez e descobri as suas 
Contei o quanto gosto de ser eu mesmo quando estou com você
Agora estou falando desse sonho, mas quando esse dia real chegar
Putz! Você entenderá o porque de tantas madrugadas
de sono passei acordado com você
Entenderá que eu não comecei em você, 
mas você é quem começou em mim desde o início
Que esse começo existe em mim até hoje, todos os dias...
Olhando nos seus olhos em silêncio... 
Compreendi o porque de você sempre fazer parte dos meus sonhos...
Como esse agora... Que falo pra você.
Rafael Mourão
Abraços e Beijos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

NEWS LETTER