07/04/2015

Anorexia

Anorexia um transtorno grave

Anorexia transtorno alimentar que faz com que as pessoas fiquem obcecadas com o peso e com o que comem, claro que devemos ter preocupações com aparência que é sempre bom, assim como cuidar do corpo, afinal temos que ter saúde e isso requer cuidados principalmente com a nossa alimentação pessoal, porém como saber até que ponto esse cuidado alimentar está sendo praticado de forma excessiva ou obsessiva pode ser ruim para nós mesmo? Essa pergunta tem como resposta a vários casos de anorexia.
Anorexia-transtorno
Esse tipo de comportamento psicológico (anorexia) começa a surgir quando a pessoa de forma obsessiva quer perder peso mesmo todos em sua volta achando ela muito magra, contudo a pessoa com anorexia não reconhece mesmo se insistirmos tentando convencê-la, ao contrário a pessoa com anorexia acha que todos estão brincando com ela e continua se achando gorda querendo perder ainda mais peso, então por desespero dos familiares acabam indo a procura de ajuda num profissional de saúde mental para tentar tirar a pessoa dessa persistência em querer emagrecer cada vez mais.

A anorexia faz alguns pacientes terem comportamento de anormalidade no seu paladar ou criam ritos para se alimentar, outros podem apresentar apesar de nos causar estranheza encontrá-los comendo escondidos.

Um fato curioso ocorre quando o paciente com esse comportamento de anorexia apresenta depois de tratado é apesar de lembrar tudo o que aconteceu ele não consegue explicar o motivo dessa sua insistência em perder sempre mais peso, preferindo não falar mais no assunto.

Quando curado pode chegar a um peso até mesmo acima do que tinha quando esse comportamento de anorexia apareceu, mostram uma postura de não aceitar esse modo de agir seu quando insistia num emagrecimento e mesmo apresentando esse comportamento nesse modo de pensar, infelizmente não podemos descartar uma possível volta ao transtorno de anorexia.

São dois os tipos de pacientes com anorexia
  • O que apresenta caso de restrição na alimentação tendo como consequência o emagrecimento,
  • Os que comem sem limites até não suportarem mais e depois botam tudo para fora sem provocar o vômito e alguns casos raros de pacientes romperem o estômago de tanto comerem.
Anorexia acontece com uma frequência elevada na adolescência, o que não impede de aparecer em outras faixas etárias e numa proporção de 10 mulheres para 1 homem, seu tratamento tem um percentual de cura em 50% dos casos, 30% numa cura parcial e infelizmente 20% não conseguem responder ao tratamento.

Lamentável constatar esse fato, mas a verdade é dura principalmente como podemos ver que a metade ainda não conseguem ter uma cura total sobre esse comportamento psíquico de anorexia e vendo esses dados alarmantes resta esperar que as pessoas que queiram emagrecer ou queiram ter profissões que vão exigir absurdos em sacrifícios, analisem bastante antes de tomarem tais atitudes e assim talvez não sofrerem desse transtorno de anorexia sem ter como voltar ao seu estado normal, não verdade pessoal?

Abraços e Beijos.

11 comentários:

  1. E pensar que tem gente que chega a esse ponto,muito triste.mas acredito que informação pode ajudar e muito a perceber que algo anda errado com um ente querido.Muito bom post,valeu.

    ResponderExcluir
  2. Gente do céu triste ver um ser humano numa situação dessa!Muito bom o assunto abordado aqui no blog .

    ResponderExcluir
  3. QUE TRISTE MEU DEUS,É SEMPRE BOM SABER TER INFORMAÇÃO,PARABÉNS PELO POSTE MUITO BOM

    ResponderExcluir
  4. É um assunto muito complicado esse, mas que devemos conversar com os jovens. Muitos jovens, na sua maioria meninas, acabam por desencadear esse transtorno/doença devido ao tratamento que recebem das pessoas onde vivem. A relação do bullying onde tratam a pessoa como odiosa por estar acima do peso ou não condizer com a beleza exigida pela sociedade e por isso se sentem feias e gordas. Essa degradação da sua imagem causa danos irreparáveis na autoestima e elas param de comer ou partem pra bulimia, onde ingerem alimentos e depois induzem ao vômito. Tive uma colega na faculdade que teve essa doença e fez tratamento, mas ela dizia que sempre tinha essa 'neura' se estar gorda, mas que com acompanhamento ela conseguia controlar. Ótimo assunto. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Assunto super importante abordado com muita eficiência e com ricos detalhes.Não conheço ninguém com ANOREXIA, mas sei que é um mal que aflige milhares de pessoas.Parabéns por abordar o assunto!! Bjss!!

    Agenda dos Blogs

    ResponderExcluir
  6. Essa é uma doença terrível, e ao mesmo tempo muito estranha, aliás toda doença que mexe com a mente humana é terrível, pois muitas levam a morte ... Teu post é perfeito Rafa, amei!

    Bjos
    Minda =D

    ResponderExcluir
  7. Tão triste saber que essa doença existe,infelizmente é uma realidade assustadora e temos que prestar muita atenção pois isso pode acontecer com qualquer um, até mesmo quem está próximo de nós.
    Super interessante seu post Raphael, parabéns!

    http://papodeesmaltebyvacieni.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Rafa,mais uma vez vc arrasa,esse assunto é tão complicado,e pior agente fica impotente,sem saber o que fazer. Fico imaginando o que leva uma pessoa ter essa doença,sim porque pra mim isso é uma doença e grave.
    Houve um tempo que cheguei a pensar que uma das minhas netas estava com essa doença,ela era gordinha e de repente foi perdendo peso sem explicação,minha filha a levou ao médico e graças a Deus ñ era,mas gente tem sempre que vigiar,ficar atento.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  9. Oi Rafa, esse assunto devia ser muito falado em escolas por ser uma idade que acontece muito.
    Anorexia é a pior coisa que adolescentes faz.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Esse assunto é muito complicado e tem que ser levado com cuidado! Otimo post, bem esclarecedor.

    ResponderExcluir
  11. Só que ja viveu por isso sabe como é , é um assunto complicado
    Quem esta vivendo isso acredita que esta tudo normal até cair a ficha ou alguém perceber o caso ja esta grave( infelizmente ), muitas vezes nem é por profissão a cobrança em casa pode ser grande a respeito de querer que o jovem se encaixa no patrão que a sociedade impõe :/ ...
    É uma doença grave e triste, e que deveria ser mais conversada e aberta nas escolas ..

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

NEWS LETTER